segunda-feira, 22 de março de 2010

Boa tarde amigas tricoteiras!
Em Outubro do ano passado, postei aqui no blog, vários blogs de tricô `a máquina. Hoje, acrescentei mais alguns. Quem for tricoteira a maquina e ainda não tiver seu blog na lista favor entrar em contato, pois faço questão de divulgar os trabalhos maravilhosos de nossas colegas de profissão. Dêem uma olhada em cada blog e em todos os trabalhos! Isto nos enriquece! Aprendemos cada dia mais com os ensinamentos de nossas amigas tricoteiras! Trabalhos muito bem elaborados que merecem nosso PARABÉNS!!!
Grande abraço!!!

sexta-feira, 19 de março de 2010

Mantendo a Elegância

Uma produção requer uma grande dose de sensatez, isto traduzido significa que o conjunto de peças a ser escolhido em seu guarda roupa pode transformar-se em uma bela obra ou num grande fracasso.
Sem sustos !
Consultores de moda já fizeram a experiência de buscar dentro do guarda roupa de pessoas dos mais variados tipos e gostos, peças que nunca foram usadas em conjunto e para a surpresa dos proprietários destas roupas, eles podiam andar na moda tranqüilamente sem cometer abusos e ainda sem gastar em novas peças e acessórios.
Já sabemos que a moda é cíclica, vêm e vai com grande frequência muitas vezes sofrendo poucas modificações. Porém a grande aliada de estarmos de bem com o guarda roupas nada mais é do que nossa própria imagem refletida no espelho.
Também já foi dito por muitos que somos o que vestimos, ou seja, características de nossa personalidade acabam surgindo e se delatando através das roupas que usamos.
Portanto, antes de sair para qualquer local e ocasião é totalmente indispensável checar se estamos de acordo com o objetivo e, muito importante, diria de importância total para o seu bem, estar em completa harmonia com o tipo físico.

Veja a seguir alguma dicas de quem entende :
- Para a baixinha : se for esbelta, pode usar tudo. Para as gordinhas, a saia tem que estar acima do joelho;
- Para a alta : é indicado o uso de pantalonas e camisas masculinas;
- Para a gordinha : roupas escuras, camisas e saias retas;
- Para a magra demais : o maiô é mais indicado que o biquíni;
- Para a negra : cores fortes, como os tons de azul;
- Para quem tem cabelos curtos : se tiver pescoço bonito, pode usar colares, gargantilhas e golas altas;
- Para quem tem cabelos compridos : o meio-coque com fios soltos e gola careca é perfeito;
- Para a loura : o preto fica muito bem. Tons dourados também;
- Para quem tem pouco busto : tudo, menos silicone!
- Para quem tem busto grande : decotes altos, nunca! Os "Vs" e os "Us" ficam muito bem.
- Para a de quadril largo : se as pernas forem compridas e a cintura fina, calças e saias retas;

Importante:

- O que cai bem :
blazer bem cortado, camisa branca, brincos de argola;
- Roupas e acessórios vulgares :
lycra, mules ou qualquer coisa que faça tec-tec no chão;
- O que é fundamental ter no guarda-roupa :
uma calça jeans, um par de tênis, uma camisa branca, uma boa bolsa, um pulôver de qualidade e um terninho preto.

Fonte: Marília Carneiro (site revista Claudia)

Como lavar malhas de linha ou de lã

Passo a passo:

1. Deixe de molho em água e sabão de coco.

2. Não esfregue, apenas vá espremendo com as mãos muito delicadamente.

3. Se necessário repita todo o processo, mas antes troque a água suja por uma água limpa. Não esqueça o sabão de coco.

4. Deixe-a de molho com um pouco de amaciante.

5. Depois enxágüe bem. Se a malha for branca, na última água de enxágüe adicionar uma colher de chá de água oxigenada 30 volumes.

6. Torça a malha delicadamente dentro de uma toalha de banho.

7. Deixe- a secar à sombra. Não a pendure no varal, pois o peso da linha ou lã molhada pode deformá-la.

8. Não é necessário passar a ferro.

9. As malhas brancas devem ser guardadas envoltas em papel de seda azul claro, para que não fiquem amareladas.


Como conservar malhas de tricô

Passo a passo:

1. Lave à mão e com sabão neutro. Malhas 100% acrílicas não podem ser lavadas na água quente pois encolhem. Na dúvida sobre a composição, lave com água fria.

2. Deixe secar em superfície plana na sombra. Não torça ou pendure para não deformar.

3. A maioria das peças de tricô não precisa ser passada. Se estiver muito amassada, deixe que o vapor do ferro vá umedecendo o tecido, pressionando-o com a mão. Não deixe o ferro encostar na roupa. A chance de queimar é alta.

4. Para retirar bolinhas nas regiões de atrito, passe gilete levemente sobre o tecido.

5. Guarde as peças sempre dobradas. Nunca pendure-as para não ficarem espichadas e com os ombros deformados.

6. Guarde as roupas de cashmere ou angorá, que soltam muitos pêlos em sacos plásticos assim como as peças brancas, para não amarelarem com o pó. Verifiquer antes, se o saco está seco para não mofar.

Atenção:

1. Leia a etiqueta da roupa, é muito importante para sua correta conservação.