sábado, 13 de setembro de 2008

FAÇA UM CURSO

Oi gente!!!

Quem adquire uma maquina de tricô precisa fazer um bom curso para não desanimar. Trabalhar com maquina é facil, mas tem mil "macetes" que precisamos aprender para agilizar nosso trabalho. E como qualquer trabalho, precisamos estar atualizados para não ficarmos para traz. Eu trabalho com tricô ha muitos anos e iniciei como a maioria: comprando uma maquina e fazendo o curso de manejo e confecção. Com o tempo fui me atualizando e fiz o curso da TRICOCURSOS que acho o melhor, dos que conheço. Mesmo ja sabendo muita coisa, com o curso aprendi muito mais!!! Isto não é um "comercial". É a garantia de sucesso! Veja o depoimento da IVA, professora:

TRICÔ DE SUCESSO    (escrito por IVA do TRICOCURSOS)


"Elizabeth Soares. Seu primeiro contato foi direto: já tricotava há algum tempo e o fazia por prazer, paixão, deleite. Sua atividade era outra, mas o tricô a máquina não poderia esconder-se em cima do armário ou debaixo da cama. Sua criatividade latejava e a máquina de tricô enchia seus sonhos que eram, literalmente, um armazém de idéias.
Mesmo assim, decidiu adicionar conhecimentos e tornou-se aluna Tricocursos. Trabalhava, tricotava e estudava tricô; nas suas palavras, "fazia tricô mas mesmo assim fiz o curso; me foi muito útil."
Somar experiência, conhecimentos, empenho e paixão pelo tricô sempre resulta em sucesso. Tanto que ela agora comunica: "estou crescendo minha confecção".
E está. Desse esforço nasceu a Aracne, localizada em Uberlândia (MG), voltada exclusivamente à confecção de tricô. Que você pode conhecer em www.aracne.com.br . Não deixe de ver tanto a coleção masculina quanto a feminina. Tricôs belíssimos! Tricôs sob encomenda ou não, como as pessoas (ou lojas) desejarem. E tricôs únicos (exclusividade para uma loja, por exemplo) também podem ser criados. A Aracne pode criar o modelo que você precisar; trabalhar com tricô a máquina permite flexibilidade.
Elizabeth é uma prova de que pensar tricô, persistir, insistir, se organizar, aprender, reaprender, reciclar e investir na criatividade, é fundamental. Acreditar em si mesma e ousar é um desafio, exige luta e garra, mas também é uma vitória de sabor inigualável.

Hoje a Aracne é um caso de sucesso da criatividade, mas é principalmente um exemplo: sucesso não se colhe no jardim; é preciso ter paixão, empenho, conhecimentos. É preciso dar-se o tempo necessário a amadurecer nas técnicas, adquirir experiência e aprender várias formas de fazer o melhor. Escolher a maneira que melhor se adapte ao que se deseja produzir, ao mercado que se quer atingir. Estudar, tricotar, planejar e vencer.

Elizabeth, aluna Tricocursos, é um caso de sucesso (dela). É, também, um caso de orgulho (nosso) porque, segundo ela, "Com o curso, adquirimos técnicas e conhecimentos que nos ajudaram a romper barreiras; com isso, avançamos num horizonte promissor; adquirimos confiança, melhorando nossas expectativas junto ao mercado."

Envolva-se nessa teia; visite www.aracne.com.br ."

Sem comentários: