terça-feira, 15 de novembro de 2016

INFORMAÇÃO

As peças que confeccionamos são um tanto artesanais. Alguns detalhes feito a mão, e não são cortadas como a maioria. Nossa técnica é o "fully fashioned". São feitas sob medida e costuradas com maquina de costura reta, e não com a overlock que corta e costura ao mesmo tempo. Sendo assim, a durabilidade da peça é 8 vezes maior, apesar do acabamento não ficar igual o de fábrica como a maioria. Essa diferença é só do lado avesso. O lado direito fica idêntico a qualquer modelo publicado no nosso facebook e os que temos no atelier. O material que usamos é de PRIMEIRA qualidade: fios Belcril da LANSUL. Não desbotam, não deformam, não esticam. Continuam perfeitos por muitos anos.
Venham conferir! Aguardamos!


quinta-feira, 24 de março de 2016




Olá pessoal! O frio está chegando e com isso também chega nossa curiosidade de saber as principais tendências desse inverno. Algum tempo atrás eu estava vendo algumas matérias sobre o SPFW para ter um preview do que estaria por vir nesse outono inverno. Algumas tendências da passarela se destacam por ter uma maior aceitação do público como é o caso dos tons terrosos que vive um relacionamento de idas e vindas com a moda.

Se você possui um estilo básico vai amar essa tendência, as peças em cores neutras permite várias combinações com estampas e acessórios. 

quinta-feira, 6 de agosto de 2015


TENDÊNCIAS PARA O INVERNO 2016

CASACOS MINIMALISTAS E COM MODELAGEM RETA SÃO APOSTA NAS PASSARELAS DE INVERNO DE NOVA YORK
    A modelagem reta sempre deu as caras na história e no mundo da moda. Tanto nos anos 20, quanto nos anos 60. E é claro, hoje, muitas vezes associada ao minimalismo, ao básico. O corte reto é um ótimo jeito de transmitir elegância sem perder o ar contemporâneo. Apesar de muitas mulheres gostarem de marcar sua cintura, vale a pena experimentar o impacto de um vestido ou uma saia reta. Vale a pena lembrar que essa modelagem cai bem em todas as idades e gostos, tudo depende apenas do comprimento e do estilo de cada mulher.
    Os desfiles de moda sempre estão trazendo tendências cada vez mais diferentes que prometem agradar a todos os tipos de públicos, desde os mais exigentes.
    A moda tricot é uma das tendências mais vistas do momento, onde você pode encontrar em vários desfiles de moda lindos modelos em peças de tricot, cada uma mais fashion do que a outra, trabalhadas com vários detalhes sofisticados, por isso que quem quer estar na moda não vai querer perder a oportunidade de conferir todas as novidades da moda tricot 2016.

    A moda tricot sempre está trazendo várias novidades em peças que podem ser usadas tanto no dia a dia como em ocasiões diversas de noite, porque as peças em tricot são bem modernas e sempre possuem uma elegância por causa dos detalhes que são feitos e trabalhados a mão.
    Você encontra diversas peças feitas em tricot, camisas, blusas, vestidos, saias e muito mais, cada peça mais elegante do que a outra para você estar sempre usando as novidades que a moda tem a oferecer de melhor, por isso que você que adora estar sempre arrasando não pode perder todas as novidades da moda tricot, que estão imperdíveis sem dúvida.
    No universo casual refinado, serão destaques para as mulheres as cores tradicionais, tais como: bege, camelo, cinza claro e escuro, oliva, off-white, nude e marinho. “A tendência é adotar um estilo fácil, casual e elegante, com muita sobreposição, mas mantendo um look fresco e moderno”, diz a consultora Denise Moraes.
    Se há anos, de tempos em tempos essa tendência reaparece, nada melhor do que investir nela com força total! Para 2016 invista na modelagem que é a cara dos anos 60.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

INVERNO 2015

A moda inverno em 2015 possuirá tendências magnificas, diferenciando cada estilo como contemporâneo, irreverente, esportivo, sensual e romântico, dessa forma as mulheres podem usar aquilo que lhe agrada e está na moda certa para o inverno 2015. as cores de tons mais claros permaneceram.
Algumas peças de roupas dos anos 60 e 80 voltarão com tudo, porém mais modernas e sofisticadas, os coletes são bastantes usados, as blusas de babados e os vestidos. É ideal que saiba combinar as peças de roupa para o inverno, usando o bom senso, para que dessa forma não fique algo a questionar.
Muitas peças de roupas com renda, decotes, laços farão parte da moda para o inverno 2015, sendo que combina tanto para as mulheres românticas, sensuais, como para as irreverentes. As meias calças de fio 20 ou 70 podem ser usadas, sejam elas tradicionais, ou coloridas com desenhos e assim sucessivamente; os cardigans, trench coat e os cachecóis podem ser usados e abusados no inverno.
 

segunda-feira, 19 de maio de 2014


POLAINAS
Hoje em dia, não são apenas usadas nas aulas de balé mas em outros estilos de aulas de dança como jazz e dança contemporânea. Polainas servem para uma variedade de propósitos importantes em muitos aspectos da dança, e exercícios em academias.
O objetivo mais importante de usar polainas é para evitar lesões que ocorrem quando os músculos não estão devidamente aquecidos.
As polainas fornecem calor extra para os pés, pernas, tornozelos e panturrilhas, além do calor que é gerado através de um aquecimento, portanto ajudando a evitar lesões associadas com aquecimentos impróprios. Polainas também são úteis no isolamento de áreas propensas a lesões.
Para as adeptas de academia, malhação é assunto sério e estar bonita durante os exercícios é essencial. Por isso, agora também ha tendência de moda entre as freqüentadoras: as antigas POLAINAS voltam à tona.
É muito usada também no dia a dia em épocas mais frias,  como complemento.
Confira os modelos no nosso album POLAINAS, no facebook.




 

domingo, 20 de abril de 2014

COLEÇÃO 2014

COLEÇÃO 2014 - O casual urbano

Um estilo para o dia-a-dia, assim é o visual casual urbano. Ele agrupa peças simples do dia-a-dia de uma forma despojada e, de acordo com as combinações, com muito estilo.


Veja em nosso album, a coleção de inverno 2014. Fazemos apenas uma peça de cada modelo ( peça única) . Não repetimos nem em tamanhos. A não ser que a cliente encomende uma da coleção tamanho diferente do que temos. TODA SEMANA TEMOS NOVIDADES: novos modelos! Faça-nos uma visita!
aracneatelier@gmail.com
Skype: aracneatelier
tel: 62- 8474-6022

 VEJA : https://www.facebook.com/aracne.trico/media_set?set=a.626876694060605.1073741834.100002148400900&type=3

ARACNE TRICÔ
Rua Ângelo Roncato Qd3 LT16  Nerópolis-GO
Atraz da Construléo e do posto de gasolina São Paulo

TRICOT VINTAGE

O VAI E VEM DA MODA.
MODA TRAZ DE VOLTA AQUILO QUE UM DIA "JA FOI"

https://www.facebook.com/aracne.trico/media_set?set=a.626526677428940.1073741833.100002148400900&type=1

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014


TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE CORES
COM ESTADO EMOCIONAL

VERMELHO : paixão, raiva, irritabilidade.

LARANJA: fome, ansiedade, desejo de realizar projetos.

AMARELO : alegria, euforia, desejo de liberdade, humor.

ROSA ESCURO : romantismo, desejos não revelados.

ROSA CLARO : amorosidade não direcionada, carência afetiva, infantilidade.

AZUL MARINHO : culpa, indecisão.

AZUL ROYAL : festividade, jovialidade.

AZUL CELESTE : Paz, espiritualidade, calma, tranquilidade.

VERDE ESCURO : mal estar físico, arrependimento, indecisão.

VERDE MEDIO : pragmatismo, organização, disposição.

VERDE CLARO : pureza, desejo de liberdade.

MARROM : ressentimento, introspecção, medo.

VIOLETA : processo de espiritualização, meditação, entendimento, telepatia.

TONS PASTEIS: inspiração, plenitude.


domingo, 10 de novembro de 2013



 A MODA QUE VAI E VEM

Artigo escrito por Vânia Matesco para Fashion Spill

Não é novidade para ninguem que a moda do passado tem total influência no presente.
As tendências de moda nada mais são do que uma constante reciclagem das novidades do passado gerando novas criações. A frase "nada se cria, tudo se copia" deveria ser mudada para "tudo se recria e se renova".
Interessante ver as influências do passado mostrando que o importante é a personalidade e o gosto de cada uma.
O reconhecimento dos grandes costureiros do passado e dos designers do presente está visível nas peças atuais usadas por celebridades, e por que não incrementar?
O vestido de Brigitte Bardot usado em 1955 e da atriz Eva Mendes em atual aparição são bem similares apesar de terem sido criados por estilistas diferentes e serem usados por mulheres diferentes em períodos bem distantes.















Você acha que o  que sua tia usava ha anos atras está fora de moda? Repense! Talvez você se vista igualzinho a ela e nem sabe.

domingo, 18 de agosto de 2013


BOLINHAS NAS ROUPAS DE LÃ
Com certeza você já teve esse problema.
Nem usou muito uma malha e as bolinhas começam a aparecer. O que fazer?
Antes de tudo vamos entender porque isso ocorre. As malhas de lã e acrílico que usamos no inverno são feitas com fios torcidos e felpudos. Com o uso e as lavagens os fios vão “destorcendo” aos poucos e levantam as felpas, os pelinhos de que são feitos. Esses pelinhos então sofrem atrito com mesas, bolsas, e vão enrolando formando as bolinhas que tecnicamente recebem o nome de  “pilling”.
Muita gente arranca essas bolinhas usando adesivos, escovas e até aparelhos de barba, mas retirar as bolinhas é apenas temporário, elas vão voltar e ainda por cima você corre o risco de cortar ou romper a malha.
O ideal é tomar cuidados como não lavar à máquina (as máquinas de lavar limpam por atrito entre as roupas), jamais passar a ferro, evitar alças de mochila, velcro, superfícies ásperas, tudo que possa agredir o tecido de sua malha.
Lave com água e pouco sabão, não esfregue, não torça, apenas aperte e deixe secar na horizontal. Só vaporize a 15 cm., sem apoiar o ferro na peça.
Fazendo isso você vai ter uma malha nova por muito tempo.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

NOVO CATÁLOGO DE CORES DA LANSUL


Veja as cores da lansul, ja com os lançamentos para 2014







Se quiser com mais detalhes, veja em PDF:  http://www.lansul.com.br/upload/pdf/belcryl.pdf

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Comunicamos aos nossos clientes e amigos que estamos em novo endereço para melhor atendê-los: Rua Ângelo Roncato Qd 3 Lt 16, Setor Parque Real (atrás do posto de gasolina São Paulo) , Nerópolis, GO.
Telefone: (62) 8474-6022. Aguardamos a visita com lindas roupas de tricô, coleção 2013!

domingo, 30 de setembro de 2012

TENDÊNCIAS INVERNO 2013 E 2014


O inverno é uma das estações mais preferidas de muita gente, principalmente das mulheres que desejam usar botas, coat, cardigan, e com isso se preparam para a moda. Em 2013 e 2014 as tendências são muito ousadas, com cores mais vibrantes, sendo que as peças de alfaiataria, cardigans, casacos e jaquetas estarão em alta.Voltam os lilases, os violetas e os roxos que, por vezes, se misturam com azuis e vermelhos. As cores são cheias, impregnadas de pigmentos, e estão mais distantes da luz, como acontece no verão. O dourado e o prata dão lugar aos acobreados e surgem tons mais suaves, glaciais. A luminosidade vem dos tecidos luxuosos.

Pantone inverno 2013:



Com um bom senso podemos criar lindos looks utilizando peças da moda para o inverno. Os cardigans podem ser usados com qualquer peça de roupa, porem é preciso saber combinar cada peça. Os casacos e jaquetas podem ser usados com calças saias e vestidos. As bermudas ficam super fashion, porem não é ideal usar algo muito curto no inverno, até porque o frio é um dos motivos. O maxi tricô é uma das apostas de diversos estilistas. Apesar de ter uma longa história na moda mundial, as roupas de tricô podem ser irreverentes e modernas ao mesmo tempo. É apenas necessário saber usá-las.
Aproveite essa tendência e renove aquelas antigas roupas de tricô do seu armário, porque nada melhor do que unir conforto, modernidade e estilo.

Para o inverno 2013 e 2014 destaca-se tambem os tweeds e as misturas de lãs coloridas, tramas geométricas, camuflagem estilizada, floral.
"O mais interessante na moda de hoje é que não ha mais tendências rígidas. As referências são muito mais amplas que ha 20 anos , quando elas vinham apenas das passarelas de alta costura. Agora é tudo mais fluido, vivo, dinâmico, e nós enxergamos isso de uma maneira bastante positiva" afirmou a diretora de moda da Première Vision, Pascaline Wilhelm.
Todos os anos é lançado uma moda diferente para o inverno e, em 2013 e 2014 algumas peças serão reutilizadas, porem com aspectos mais modernos e mais sofisticados. As jaquetas de couro usadas nos anos 80 estarão em alta, porém mais modernas e com mais detalhes. Os vestidos rodados e as calças cós alto também é tendência na moda para o inverno 2013 e 2014.

Agora, resta esperar a estação chegar para conferir como essas influências vão pegar na passarela do próximo inverno.





sexta-feira, 13 de abril de 2012

(materia do http://fashionconsultantvv.wordpress.com )

Como cuidar das suas peças de tricô e crochê

 

Podemos ter tanto roupas como acessórios em tricô e/ou crochê. Peças masculinas, femininas e infantis, de verão ou de inverno, casuais ou de festa. É, de festa! No Brasil não é muito comum, mas há inúmeras possibilidades de roupas lindas de festa, especialmente pra mulheres, feitas em tricô e/ou crochê. Aliás, é uma idéia ótima também pra noivas que querem fugir do visual óbvio. E tem roupinhas pra cães e gatos feitas em tricô e peças pra casa (colchas, forros de mesa, etc) também! Com tantas opções é necessário saber como cuidar dessas peças.

Roupas de tricô e crochê pedem cuidados especiais na lavagem e também na hora de guardar. Como sou apaixonada por peças artesanais, acho uma verdadeira heresia alguém cuidar mal dessas peças. Uma boa peça de tricô ou de crochê dura 15 anos fácil se você cuidar bem dela. Entenda como uma boa peça aquela que é feita com material de boa qualidade e tem ótimo acabamento.
Eu nasci com o tricô na minha vida, então desconfio desses tricôs com acabamento de overlock. Tá, neste ponto sou suspeita pq só tenho tricôs feitos por mim ou por minha mãe. Me recuso a comprar tricô tendo uma máquina de tricô em casa pra inventar o que eu bem quiser. E não tenho máquina de overlock, então o acabamento das minhas peças é manual, que foi a forma que aprendi ainda adolescente. As peças são feitas com base em esquemas pra que saiam da máquina já na forma e tamanho que precisam ter, sem precisar de cortes. Só costura, que pode ser manual ou com máquina de costura reta comum. É praticamente alta costura, até pq eu prefiro costurar à mão do que na máquina quando a linha ou lã usada é realmente boa. Só uso a máquina qdo vejo que a linha ou lã é meio fraca ou é do tipo flamê (com nozinhos), que é linda mas não confio nela pra costurar, só pra as roupas mesmo. Infelizmente este processo leva tempo. Já passei um dia inteiro fazendo um esquema de um vestido até acertar pra que ele tivesse as exatas formas e medidas que eu desejava. Depois mais alguns dias pra fazê-lo e costurá-lo. O bom disso é que certamente a peça vai durar pelo menos 15 anos sem dúvida.

Voltando ao tema dos cuidados…
Em primeiro lugar, ao adquirir sua peça de tricô ou crochê, saiba que deve guardá-la dobrada. Esta orientação também vale para quem trabalha em lojas e é responsável pelo visual merchandising. Nunca pendure uma peça dessas. O risco da peça esticar é imenso, mesmo sendo uma boa peça. Sim, há as que não esticam, tanto de tricô como de crochê, mas como estou escrevendo supondo que você não saiba diferenciar e não queira correr o risco de perder suas peças, então melhor dobrar sempre. Se comprar com ajuda dos meus serviços de personal shopping eu posso até te dizer se deve dobrar ou se pode pendurar as peças (me pergunte, pq é informação demais e nem sempre lembro de tudo que pode ser dito).
Ao lavar, prefira lavar à mão. Jogar uma peça dessas na máquina pode deformá-la de forma irreversível. Também aqui há excessões mas melhor não correr o risco. As que têm menos risco de estragar são peças de tricô em ponto meia (como o top da segunda foto), feitas de bom material e com ótimo acabamento. Outros pontos ou peças feitas de material ruim correm risco de esticar, encolher, deformar, desbotar, manchar…

Para secar, ao invés de jogar na secadora, deixe a peça repousar sobre uma superfície horizontal. Pode ser esses varais de chão, de metal, mas use uma toalha sob a peça pra diminuir as chances dela esticar ainda mais, afinal os varais são vazados e dão espaço pra que as peças estiquem. A toalha como base dá mais firmeza. Cuide para que a toalha não solte tinta e, se a peça que quer secar soltar tinta (leia-se: for feita com material ruim), opte por uma toalha de cor parecida ou em outra cor que não vá ficar manchada, como preta.
Essas peças normalmente não precisam ser passadas. Se precisar, nunca pressione demais o ferro na peça nem use-o muito quente, pois a peça irá esticar, especialmente se for de tricô. Usar vapor então, é totalmente proibido! Um steamer, OK, com cuidado, mas ferro a vapor só com o vapor desligado!
Tricôs e crochês de bom gosto e bem feitos sempre voltam à moda. Alguns nunca saem de moda. Você pode usar por muitos anos. Todas as peças que ilustram este texto são de revistas ou desfiles recentes, que estão nas coleções 2012/2013 de marcas internacionais. E algumas delas parecem ter saído das revistas importadas que eu via quando comecei a trabalhar com moda há mais de 20 anos.

Vanessa Versiani, especialista em treinamentos de imagem e estilo da Diferencie-se!
Diferencie-se! Porque você é único

quinta-feira, 12 de abril de 2012

O CROCHET ESTÁ EM ALTA!

(Materia do modaspot.com)

Giovana Dias injeta glamour em suas peças de crochê


Especialista em transformar crochê em moda, a estilista Giovana Dias investiu numa coleção repleta de glamour para o inverno 2012. O segredo foi a mistura do crochê com materiais como lurex, seda, cristais e pérolas em saias, vestidos, casacos e blusas. As franjas também merecem destaque. Na cartela de cores, cinza chumbo, roxo, vermelho, verde, mostarda, preto, marrom e dourado.
Formada em design de moda, Giovana deu ao trabalho com crochê um toque moderno. A estilista já produziu peças em Trancoso, no litoral baiano, onde teve uma loja no endereço mais badalado do local. Em São Paulo, começou vendendo para lojas como NK Store e Daslu entre outras. Recentemente inaugurou seu ateliê no bairro dos Jardins.


sábado, 22 de outubro de 2011

(Matéria do "Oficina de estilo")

TRICÔ NO VERÃO?

publicado por:
A coleção de verão apresentada por Stella McCartney na semana de moda de Paris canta a bola da vez: tricô no calorzão. Antes de entoar o mantra “isso não vai funcionar no nosso país tropical” vale lembrar que o verão londrino também é quente e que tricô também pode ser frio.
APRENDENDO COM O MESTRE
Quando Lucas Nascimento – o mais importante tricoteiro do Brasil, formado pela University of the Arts London e com um currículo que inclui trabalhos com Sid Bryan, artista conhecido pelas peças inacreditáveis que criava para os desfiles de Alexander McQueen – estreou sua marca própria na Fashion Rio, em 2010, 10 entre 10 jornalistas que o entrevistaram fizeram e mesma pergunta: dá mesmo para usar tricô no verão?
Na ocasião, Lucas explicou que tricô não é apenas lã grossa e acabamento artesanal, tipo vovó. Tricô, assim como algodão, pode se transformar em praticamente qualquer coisa. “Existem tramas de toque leve e frio que são específicas para o verão”, conta o estilista.
Composto de pequenas teias de aranha, o tricô deixa o ar passar, o que ajuda no controle térmico.

MAIS QUENTE OU MAIS FRIO
Como todo tecido, o tricô é composto de tramas de fios que podem ter espessura e espaçamento diferentes. Por isso, ao ler que uma roupa é feita de algodão, por exemplo, você nunca vai conseguir saber se ela é quente ou fria apenas com essa informação: pode ser um casacão ou uma camisetinha de algodão fino. O que dá para depreender sem medo da palavra “algodão” que ela permite o ar passar e a pele respirar, evitando o desconforto térmico e aquele cheiro ruim que as fibras sintéticas acumulam mais facilmente.
As fibras naturais costumam ter tramas mais leves e aereadas, com toque sedoso. De forma geral, tricôs que usam fibras naturais como algodão, seda e fios de linho tendem a ser mais frescos enquanto tricôs de poliester, poliamida e acrílico tendem a ser mais quentes.
COM CARA DE PIJAMA
A gente tem visto bastante referência de looks que trazem um ar de pijama usando materiais como o moletom e o tricô de um jeito interessante. Quando bem aplicada, a ideia não transmite um ar de preguiça, de “oh, meu deus, eu tô aqui no trabalho, olhando para a sua cara, mas queria mesmo é estar na minha cama” (a gente pode até pensar isso do chefe ou do colega, mas esperteza é transmitir o oposto!).
Outra forma de usar tricô no verão é aproveitando as modelagens da estação em peças como shortinho e regata, mas acrescentando essa textura a mais. Só de não ter a superfície lisa, comum, um shortinho de tricô já se torna um elemento mais interessante visualmente. Tricôs em modelagens diminutas, tipo camiseta, regata, coletinho super vazado ou tricôs mais tracionais combinados com peças super leves, tipo mini-vestido, sainha curta, calças leves com a barra dobrada ficam lindos.
Pensa em uma calça saruel de seda com uma blusinha de tricô que fofura. Ou em um short de tricô com blusa de tecido reto. Quem quiser aproveitar as peças do inverno em dias de meia estação pode começar o dia – quando está mais frio – com um cardigã de tricô fino que, conforme a temperatura aumenta, vai enfeitar a bolsa ou o pescoço, como se fosse um lenço.